Formação do Cunza-Sul ambiciona terminar com a invencibilidade dos militares na prova 

O Sport Libolo e Benfica vai tentar quebrar o ciclo de vitorias  do 1.º de Agosto, quando receber hoje, às 18h00, no Pavilhão do Dream Space, em Viana, a visita da turma militar, no encontro de cartaz da terceira jornada da segunda volta da fase regular da 40ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, Unitel Basket.

Separadas por três pontos, os encarnados de Calulo, segundos na tabela classificativa com 21 pontos, esperam reduzir a desvantagem para apenas um ponto em caso de vitória e repetir a proeza no jogo de atraso com o Vila Clotilde, marcado para o dia 20 do corrente.
A equipa orientada tecnicamente  por Raul Duarte averbou a única derrota na presente edição do Unitel-Basket, curiosamente diante do adversário desta noite, na quarta jornada da primeira volta, por 79-76, no Pavilhão Victorino Cunha.
Na altura, o Libolo não contou com os préstimos de Milton Barros, Roberto Fortes, Reggie Moore e os norte-americanos Jekel Foster e Andre Harris, todos lesionados, segundo o chefe de departamento para o basquetebol do clube do Cuanza-Sul, Abdel Boukar.
Com todos os jogadores disponíveis, Raul Duarte espera redimir-se do desaire. O dia de ontem serviu para a equipa ensaiar as diferentes vertentes tácticas, com o objectivo de contrariar os intentos do líder do campeonato, que possui um plantel com jogadores capazes de fazerem a diferença nos momentos cruciais. A vitória apertada diante do ASA, (97-90) na última jornada, serviu para os campeões nacionais tirarem ilações sobre o estado de prontidão para a recepção aos pupilos de Paulo Macedo, no segundo maior clássico do nacional da bola ao cesto.
Apesar de reconhecer o crescimento gradual da sua equipa, fruto do entrosamento entre os diferentes sectores, as ausências de dois jogadores fundamentais no xadrez dos rubro e negros, casos do extremo-base Leandro Conceição e dos postes Jhon Pedro e Felizardo Ambrósio “Miller”, limitam as opções de Paulo Macedo.
Os referidos atletas estão sob cuidados do departamento clínico da equipa afecta às Forças Armadas Angolanas.
Contrariamente a estas baixas, no treino de ontem, realizado no Pavilhão Victorino Cunha, participaram na derradeira sessão os jogadores Carlos Cabral, Mohamed Malick, Edson Ndoniema, Armando Costa, Adilson Ramos, Sebastião Quicuami, Mutau Fonseca, Emmanuel Quezada, Hermenegildo Santos, Islando Manuel, Milton Valente e Eduardo Mingas.
A vitória caseira diante do Interclube, na terça-feira, por  95-76, deixou o técnico militar satisfeito, depois de a equipa conseguir dar resposta ao ascendente dos policias no último quarto.
“Aos poucos estamos a entrar no rotina que se pretende, mas ainda nos preocupa o facto de não ter a equipa completa. Temos tido alguma dificuldade no jogo interior. Mas, estamos a gerir bem e esperamos não voltar a ter nenhum problema, até acabarmos a segunda volta”.

Outros desafios
Por outro lado, a jornada reserva outra partida não menos importante, que coloca frente à frente Petro de Luanda e Grupo Desportivo Interclube, às 16h00, no Pavilhão Multiusos do Kilamba. Neste jogo, espera-se um duelo à parte entre os últimos reforços de cada uma das equipas, que actuam curiosamente na mesma posição (cinco). Trata-se do internacional congolês democrático Pitchou Manga (Interclube) e do nigeriano Olalekan Ajayi (Petro).
Duas horas mais tarde, a Universidade Lusíada recebe no mesmo recinto, a Academia Helmarc. Não se sabe se a equipa da centralidade do Kilamba vão comparecer, uma vez que perderam por falta de comparência, alegando falta de apoio da direcção do clube, frente ao Libolo.
No Victorino Cunha, a Marinha defronta o Vila Clotilde, às 18h00,e o ASA  en­contra-se em Benguela para defrontar o Crisgunza.
Os três assumidos candidatos à conquista do troféu de campeão, ocupam os três primeiros lugares da classificação. Os militares seguem invictos com 24 pontos, mais três que o Libolo, na segundo, ao passo que os petrolíferos somam até agora 19 pontos.
Espera-se que os jogos ve­nham a registar um número considerável de público.

 

Post Author: facesdeangola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *